Como escrever uma nova história

 

Abri o livro, comecei a folheá-lo e, de repente, me deparei com uma nova história.

Uma nova história de alguém que havia perdido as esperanças pouco tempo atrás. Mas lá, de forma muito real, estava realmente escrita uma nova história.

Ele havia sido um dos homens mais temidos daquele vale. Toda e qualquer pessoa que cruzasse seu caminho chegava a tremer as pernas de tanto medo, pois a sua fama havia corrido mundos, por tantas atrocidades cometidas por aquele homem. Sua família tinha medo até de mencionar seu nome; mulher e filhos tinham medo quando se aproximava o momento de ele chegar à casa. Condenado pela justiça, embora até os policiais não tivessem coragem de tocar-lhe as mãos. Que tristeza! Como se não bastasse, agora ele, possesso por demônios, andava pelos túmulos e ninguém podia detê-lo. Estava fétido, aos molambos e cadavérico.

Esta era a história daquele homem. Eu disse que era, pois agora lá estava ele bem vestido, em perfeito juízo e assentado ao lado do Nazareno.

Ele teve um encontro com o Rei dos reis e Senhor dos senhores e isto foi o suficiente para mudar o interior e o exterior daquele homem, outrora excluído da sociedade.

Ele teve um encontro tão forte e extravagante com Jesus que nada continuou como era antes.

E é assim que acontece com todos que têm um encontro com o Mestre. Ele muda tudo. Ele transforma todo nosso ser e, assim, uma nova história é escrita.

Uma nova página, um novo capítulo, uma história totalmente diferente também será contada a seu respeito, quando Jesus entrar na sua vida.

Ele é o único capaz de mudar a sua história.

 

Pr. Almeida

Topo