Um lar abençoado sempre é notícia!


E ficou a arca do SENHOR em casa de Obede-Edom, o giteu, três meses; e abençoou o SENHOR a Obede-Edom, e a toda a sua casa. Então avisaram a Davi, dizendo: Abençoou o SENHOR a casa de Obede-Edom, e tudo quanto tem, por causa da arca de Deus; foi pois Davi, e trouxe a arca de Deus para cima, da casa de Obede-Edom, à cidade de Davi, com alegria.” 2 Samuel 6:11-12

Esta passagem bíblica nos faz pensar o quanto a presença da arca da aliança impactou a vida de Obede-Edom e da sua vizinhança. Esta arca representava a presença de Deus no meio de Israel. Ela era o símbolo da adoração no meio do povo de Deus. Esta arca havia sido roubada por um povo inimigo de Israel, chamados filisteus. Lá no meio do povo filisteu, a arca promoveu o juízo de Deus sobre eles, pois eles não tinham aliança com o Senhor Deus de Israel. Este juízo provocou a devolução da arca para Israel, e os filisteus puseram a arca em um carro de boi e juntaram muitas ofertas em ouro para que fossem absolvidos da culpa.

A arca é devolvida e quando chega no meio do povo de Israel, ela é guardada na casa de levitas até que fosse determinado o que seria feito dela. O rei Davi resolve levá-la para Jerusalém e restaurar a adoração no meio do povo. Porém, ele e todos os levitas, assim como o povo, esqueceram-se das leis e dos mandamentos do Senhor e na ansiedade de levar a arca o mais depressa possível, deixaram as instruções de Deus para trás e usaram o mesmo método dos filisteus para carregar a arca: um carro de boi. O resultado foi catastrófico, resultando na morte de um dos levitas. Desta forma, o rei Davi se aborrece e desiste de levar a arca, enviando-a para a casa de um homem piedoso, chamado Obede-Edom. Lá a arca permanece por três meses e as bênçãos foram tantas e tamanhas que todo o Israel ficou sabendo. Recontei toda esta história para que possamos tirar algumas lições dela. Vejamos:

1. Carregar a arca nos dias de hoje é equivalente ao testemunho cristão. Somos o Israel espiritual de Deus e fomos chamados para testemunhar as grandezas e a bondade deste Deus a todas as pessoas;

2. Dentro da arca da aliança, estavam três objetos que serviam de memorial para o povo de Deus: o maná (alimento que Deus proveu do céu para seu povo durante a peregrinação no deserto); a vara de Arão que havia florescido (confirmação do ministério sacerdotal) e as tábuas da Lei (com os dez mandamentos recebidos por Moisés). Nos dias de hoje, nós, cristãos, temos tudo isso disponível através da pessoa de Jesus Cristo. Ele é o pão vivo que desceu do céu (João 6:51). Ele é sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque (Hebreus 7:11). E nele reside toda a lei e os profetas (João 1:45).

3. Obede-Edom foi escolhido para hospedar a arca da aliança em sua casa e o fez de todo o coração. Tanto foi o zelo e alegria com que recebeu a arca que em tão pouco tempo, três meses, ele e sua casa foram muito abençoados, a ponto de virarem notícia em Israel. O resultado disso foi que a arca pode seguir seu caminho até Jerusalém e abençoar todo o povo, restaurando a adoração daquela nação.

Hoje, hospedar uma célula em nossa casa é uma maneira paralela de hospedarmos a arca da aliança. Na célula, temos o testemunho dos crentes que já vivem a fé em Jesus Cristo e que, com alegria, podem contar quantas coisas Ele já fez em suas vidas. Lá podemos desfrutar do alimento espiritual através da Palavra de Deus, a Bíblia, que é compartilhada de uma forma simples e prática para os nosso dias. Nas células, cada crente é um ministro (sacerdote) em favor dos seus irmãos e familiares. Debaixo da autoridade do sumo-sacerdote Jesus, que é a Palavra, animam uns aos outros, oram uns pelos outros, consolam uns aos outros, enfim, vivem a vida que Deus sonhou para o seu povo.

Enfim, receber a célula em nossa casa, é abraçar a oportunidade de glorificar a Deus através do testemunho vivo, que se manifesta pela comunhão, ensino da Palavra de Deus, louvor e evangelização. Faça como a casa de Obede-Edom, abra as portas para o testemunho! Receba uma célula em seu lar e prepare-se para ser notícia! As bênçãos de Deus vão bater à porta e muitos crerão no Senhor Jesus.

 

Pr. Paulo Falçarella

Topo