Relacionamentos Saudáveis

 

Foi o próprio Deus quem disse: 

Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”. Gen. 2:18

Fomos criados para viver com outros, semelhantes a nós.

O sentimento de “pertencer,” sentir-se parte de um grupo, amar e ser amado é necessidade básica de todo ser humano. Instintivamente, procuramos por alguém, porque relacionamentos normais produzem felicidade, completam-nos. Precisamos trabalhar a comunhão, recepção e conexão com as pessoas, se quisermos crescer.

Você já observou quantas vezes os escritores do Novo Testamento, principalmente o apóstolo Paulo, usam expressões como “uns com os outros,” “uns para com os outros,” “uns pelos outros”?:

 

1. “Amai-vos de coração uns aos outros”. Rm 12:10.

2. “Suportai-vos uns aos outros, perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra o outro...”. Cl 3:13.

3. “Sujeitai-vos uns aos outros no temor do Senhor”. Ef 5:21.

4. “Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros para que sareis...”. Tiago 5:16.

5. “Edifiquem-se uns aos outros”. I Ts 5:11.

6. “Levai as cargas uns dos outros”. Tiago 4:11.

 

É a vontade de Deus que vivamos relacionamentos saudáveis.

 

Através do novo nascimento, somos introduzidos na igreja, que é o corpo de Cristo. Deus, não só nos introduz no corpo de Cristo, como nos aceita na sua grande família. Ao crermos em Cristo, Deus nos torna seus filhos, irmãos uns dos outros, partes uns dos outros, dependentes uns dos outros, para vivermos uma vida familiar harmoniosa de paz, alegria e realização.

Agora, é o nosso relacionamento com Deus, a base fundamental para o sucesso em todos os demais relacionamentos da nossa vida.

Este sim, é o inicio do Relacionamento Saudável.

 

Secretaria de Células

 

Topo