Ficai aqui e vigiai comigo

 

            Está escrito que “a nossa luta não é contra a carne e o sangue, e, sim, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes” Efésios 6.12. O diabo é espírito e não carne; invisível, mas operante, persistente, incansável e sem desfalecimento. Conforme a parábola que Jesus contou aos discípulos, o homem lançou a boa semente e foi dormir; enquanto dormia, o inimigo lançou o joio (Mateus 13.24-25). Isto quer dizer que o inimigo não dorme. Está sempre na brecha para aproveitar a oportunidade.

            O diabo é o “pai da mentira” (João 8.44) e muitas vezes “se transforma em anjo de luz” (II Coríntios 11.14), para enganar e destruir.

            Não nos iludamos: temos apenas um inimigo – o diabo. Ele trabalha dia e noite com seus agentes espirituais e especializados, que, por sua vez, usam elementos humanos para as grandes empresas que alimentam o inferno:

  1. 1)Usa as armas da imoralidade: palavras obscenas, vocabulário torpe, exibicionismo.
  2. 2)Usa o erotismo: na TV e na imprensa para prejudicar a vida de santidade, destruir lares e aniquilar famílias; generaliza a prostituição.
  3. 3)Usa pessoas que assaltam, roubam, estupram, sequestram; desrespeitam o lar e destroem as famílias.
  4. 4)Usa o tabaco, as bebidas alcoólicas, as drogas para encher os hospitais de doentes; encher presídios e dizimar a juventude com os infernais entorpecentes.
  5. 5)Usa o poder espiritual do inferno, para enganar os corações incautos, aprisionando-os em cadeias e trevas.

Isso tudo e muito mais, brota de uma mesma fonte – o diabo, que usa os seus exércitos de anjos decaídos, que, por sua vez, usam elementos humanos para a vitória de seus objetivos.

Estamos, hoje, como estava o Senhor no Getsêmani, cercado pelas forças do inferno, pelo reino das trevas, pelo príncipe deste mundo. Satanás, naquela hora sombria em que se achava o Filho de Deus, passou a dominar tudo: dominar as autoridades judaicas, o governo romano, o povo em geral e até um apóstolo do Senhor. Jesus estava só na batalha, mas Ele não estava inteiramente só, porque o Pai estava com Ele (João 16.32).

As forças do BEM, invariavelmente, vencerão as do MAL. “O choro pode entrar à noite para ficar; pela manhã vem o cântico” Salmo 30.5. “As portas do inferno não prevalecerão contra ela” (a igreja, o Reino de Deus) Mateus 16.18.

Como o Senhor Jesus venceu o mais dramático período da história humana? Orando, “com forte clamor, com lágrimas e súplicas” Hebreus 6.7. E tão renhida  foi a batalha, que “o suor do Seu rosto tornou-se como gotas de sangue caindo sobre a terra” Lucas 22.44. A luta era espiritual, profundamente espiritual. Entrou para a peleja andando, portanto, de pé; ajoelhou-se e, finalmente, pôs o rosto em terra. Os homens se erguem e galgam posições mais altas para enxergarem melhor. O Filho de Deus, ao contrário, baixou-se mais e mais. E quanto mais baixo, maior era a visão do Senhor Jesus. E através de todas aquelas circunstâncias adversas, das autoridades convencionadas, da brutalidade dos soldados e do sofrimento, viu a causa principal, a fonte de onde partia toda aquela atrocidade – o diabo. Jesus descobriu o inimigo e o golpeou certeiro.

E numa hora trágica como a que viveu o Senhor Jesus, do meio dessa fumaça do inferno, Ele nos ordenou: “FICAI AQUI E VIGIAI COMIGO” Mateus 26.38b. Temos nas palavras do Senhor dois imperativos:

  1. 1)Ficai aqui”. Não podemos fugir da luta. Nosso posto de honra é o campo de batalha. Neste campo enfrentaremos o inimigo, com vestes e armas indicadas.
  2. 2)Vigiai comigo”. “Vigiar” é ver a mais, um pouco mais; é espreitar o inimigo, é perceber sua aproximação, é preparar-se para enfrentá-lo e derrotá-lo. Os apóstolos, no Getsêmani, foram derrotados, porque dormiram; Jesus triunfou, porque VIGIOU. E a batalha daquele dia é a mesma de hoje. VIGIEMOS com Jesus. Qualquer inimigo que se levantar, seja qual for, não importa, COM JESUS vamos percebê-lo, enfrentá-lo e derrotá-lo!

Oremos pelos problemas e dificuldades de nossas vidas e do Brasil, para que o pecado seja extirpado, o diabo vencido e para que Cristo triunfe nos corações de nosso povo!

 

Topo