40 dias de Oração e Jejum

25/11-04/12

Roteiro 25/10 a 04/12

Terceira Fase - O NOSSO MAIOR CLAMOR DIANTE DO NOSSO DEUS: A VIDA DE CRISTO EM NÓS (10 dias)

 

25/11, sexta - FAZER DISCÍPULOS PARA CRISTO

Mateus 28.19,20

Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século"

Estamos familiarizados com os termos "cristão", "crente", "evangélico", mas não estamos igualmente habituados com "discípulo". Pronunciar esta palavra soa como algo antigo, deslocado e localizado num universo particular, distante da realidade atual e cotidiana.

Isso se dá porque as verdades bíblicas ainda não se tornaram nossa cultura. O que é comum para Jesus deve ser comum para nós. O discípulo, seguidor, aluno, aprendiz faz parte da cultura de Deus.

A palavra "discípulo" traz à tona um relacionamento comprometido, abnegado, dedicado entre o aluno e seu mestre, cujo objetivo do aprendiz é tornar-se semelhante ao seu instrutor. Jesus disse: "

O discípulo não está acima do seu mestre; todo aquele, porém, que for bem instruído será como o seu mestre" (Lucas 6.40). Ser discípulo de Jesus é praticar todas as coisas que Ele nos ordenou! A razão da vida de todo cristão é tornar-se semelhante a Cristo!
 

• Clamemos por uma volta ao modelo bíblico de ensino! Haja avivamento em nosso discipulado! Igreja, volte à prática de tudo o que Jesus nos ordenou! Profetizamos a cultura bíblica de relacionamentos!
 

• Clame por um avivamento no ministério do UP

 

26/11, sábado - PERDER A VIDA PARA GANHAR A CRISTO

Mateus 16.24,25

Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me. Porquanto, quem quisersalvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á"


A porta é estreita e apertado é o caminho que conduz à vida (Mateus 7.13,14). Nossa conduta autocentrada e independente recebe a mais profunda libertação quando toma a cruz. A cruz é a escolha deliberada da vontade de Deus em detrimento da nossa própria vontade. Tomar a cruz é andar no caminho que trata com o nosso ego, nosso eu. A cruz é o caminho da humilhação, do esvaziamento, da rendição, do quebrantamento. Seguir Jesus é insuportável para quem é orgulhoso.


Lucas 14.33 Renunciar significa separar, apartar. O discípulo de Jesus vive separado do que possui. Não quer dizer que não devamos ter as coisas, e sim que estas coisas não possuam nossas vidas. O único apego é ao Senhor, o Deus de todo o bem! Ele é o nosso tesouro, nossa herança e nossa porção! Nada e ninguém tem qualidade e autoridade para ter valor em si mesmo (porque depende do valor que é dado), mas somente o Senhor Jesus é precioso em Si mesmo. Por isso, o apóstolo Paulo considera tudo o que alcançou como perda para ganhar a Cristo (Filipenses 3.7,8).


• Clamemos por uma igreja constrangida pelo Espírito para seguir ao Senhor conforme o modo do Senhor! Uma igreja que não é dominada pelos bens, cujo senhorio é só o de Cristo!
 

• Clame por um avivamento no ministério Viver Bem


27/11, domingo - O SENHOR JESUS REVELADO A NÓS

Mateus 16.17

Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus"


O Senhor Jesus não é uma pessoa de fácil e superficial entendimento. A mentalidade grega não acessa quem Jesus é. Para lidarmos com este campo de conhecimento, a Palavra tem um modo próprio de operar. Veja: 2 Coríntios 5.16 "e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo"; Efésios 1.17 "para que o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele"; Mateus 11.27 "Ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar".


A vida dos discípulos foi profundamente transformada depois do Senhor Jesus ser revelado a eles (Gálatas 1.16). A revelação é a experiência de ter os olhos do coração iluminados (Efésios 1.18). É como se estivéssemos vendo o entendimento, e não somente ouvindo ou lendo. A vida do Senhor se torna pessoal e viva para nós. Lucas 24.30,31 "E aconteceu que, quando estavam à mesa, tomando ele o pão, abençoou-o e, tendo-o partido, lhes deu; então, se lhes abriram os olhos, e o reconheceram"


• Clamemos por uma igreja que conheça o Senhor não só de ouvir falar, mas porque os olhos viram!
 

• Clame por um avivamento na IBP Diadema!


28/11, segunda - A PREEXISTÊNCIA DE CRISTO

Colossenses 1.17

Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste"


O Senhor Jesus não pode se limitar à cidade de Belém. Ele não começou Sua vida a partir do ventre de Maria. Jesus Cristo, o Filho de Deus, entrou neste mundo, pois já existia antes de todas as coisas. Foi exatamente isto que escandalizou os judeus. João 8.58: "Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU"

. A identificação da igreja com esta verdade: Jeremias 1.5 "Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações";


Efésios 1.4,5 "assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o bom prazer de sua vontade"; João 17.16 "Eles não são do mundo, como também eu não sou"


Não somos do acaso nem deste mundo, porque a nossa real identidade é Cristo! Nascemos como pessoas desejadas, planejadas, e isto muda tudo em nossa existência!


• Clamemos por uma igreja que viva segundo os propósitos já estabelecidos por Deus!
 

• Clamemos para que as nossas vidas se alinhem ao que nosso Deus já designou! Não somos do acaso, somos de cima e vivemos de Deus, por Deus e para Deus!
 

• Clame por um avivamento na IBP Grajaú!


29/11, terça - A ENCARNAÇÃO DO VERBO

1 João 1.1

O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos próprios olhos, o que contemplamos, e as  nossas mãos apalparam, com respeito ao Verbo da vida"


O apóstolo João está testemunhando que as suas mãos apalparam o Verbo da Vida. Ele tocou na Palavra! Isto é extraordinariamente magnífico, fascinante, impensável, inconcebível em nossa mente limitada! João abraçou o Logos! Imagine o apóstolo segurando nas mãos do Verbo, tocando nos ombros da Palavra! A Verdade não é uma ideia, um conceito, um princípio, uma lei, uma doutrina. A Verdade tem nariz e boca! A Verdade é uma Pessoa! "O Verbo se fez carne e habitou entre nós".


A identificação da igreja com esta verdade: 2 Coríntios 3.3 "estando já manifestos como carta de Cristo, produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações"

. A maior benção na pedagogia é quando o ensino é encarnado na vida do aluno. A palavra se faz carne em nós pela ministração do Espírito Santo! Jesus Cristo é verdade ambulante, e nós, por causa de Sua Vida em nosso coração, também somos "cartas vivas"! E tem mais: Filipenses 2.5 "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus"

. Deus se fez carne pelo esvaziamento de si mesmo e por humilhar-se a si mesmo, e nós devemos ter o mesmo sentimento d'Ele. A palavra deve acontecer em ação e em verdade (1 João 3.18). Encarnar-se é tomar o lugar do outro!


• Clamemos por uma igreja que viva o que prega e canta! A Palavra de Deus seja encarnada nos membros desta igreja! IBP, uma carta viva para esta cidade! Uma igreja que se esvazia e se humilha para vivenciar a condição dos outros!
 

• Clame por um avivamento na IBP Indaiatuba!


30/11, quarta - A PESSOA DE CRISTO

Colossenses 1.15

Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação"


O Senhor Jesus é o resplendor da Glória de Deus, a expressão exata do Seu ser (Hebreus 11.3), de tal forma que todo aquele que O vê, está vendo o Pai (João 14.9). "Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou" (João 1.18). Por isso, o Pai era quem falava as Suas palavras e realizava as Suas obras através do Filho (João 14.10). Logo, o Senhor Jesus Cristo não somente fazia o que o Pai fazia, como também Ele é quem o Pai é.

A identificação da igreja com esta verdade: Romanos 8.29 "Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos"

. Conformação é diferente de imitação. Quando o Verbo se fez carne, o amor se fez uma Pessoa, a verdade se fez uma Pessoa, a paz se fez uma Pessoa. A transformação não virá simplesmente pela imitação, pois imitar é fazer o que outro faz (e não conseguimos fazer o que Jesus fez).

Mas virá pela conformação, pois conformar é ser quem o outro é. Conformar-se à imagem é ter comunhão com este amor, com esta verdade e com esta paz! A nossa imagem será transformada na mesma imagem de Cristo pelo Espírito (2 Coríntios 3.18)!


• Clamemos para que Cristo seja formado na IBP! Todas as coisas cooperem para que nos tornemos semelhantes a Cristo!
 

• Clame por um avivamento na IBP em Oxford!

 

01/12, quinta - O MINISTÉRIO DE CRISTO

Lucas 4.18,19

O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor"


Basicamente, o ministério do Senhor Jesus foi caracterizado pela pregação do evangelho do reino, libertação dos oprimidos e cura dos enfermos (Mateus 4.23; Atos 10.38). A marca central de Seu ministério era a irrestrita dependência do Pai. João 5.19: "Então, lhes falou Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho nada pode fazer de si mesmo, senão somente aquilo que vir fazer o Pai; porque tudo o que este fizer, o Filho também semelhantemente o faz".

A identificação da igreja com esta verdade: João 20.21 "Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio"

. Há um padrão para nosso ministério: seguir o mesmo modelo do relacionamento entre o Filho e o Pai.

Assim como Jesus não podia fazer nada d'Ele mesmo, nós também não podemos: João 15.4,5 "permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer"

. O Filho glorificou o Pai, e nós glorificamos o Filho!


• Clamemos por uma igreja que ande nas mesmas pegadas do Senhor! Uma igreja que proclame o Evangelho do Reino, liberte os cativos, cure os enfermos! As obras e as palavras do Filho sejam as mesmas desta igreja!
 

• Clame por um avivamento na IBP Santo Amaro!

 

02/12, sexta - A MORTE DE CRISTO

Isaías 53.4,5

Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados"


A morte de Cristo é o centro da mensagem apostólica: 1 Coríntios 2.2  "Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado"

. Temos a libertação dos pecados (Efésios 1.7); a justificação (Romanos 3.24,25); a reconciliação com Deus (Colossenses 1.20); a libertação da maldição da lei (Gálatas 3.13); acesso ao santo dos santos (Hebreus 10.19). Pela morte do Cordeiro, temos a redenção! Redimir significa pagar o preço por um resgate e comprar de volta. Estávamos "vendidos à escravidão do pecado" (Romanos 7.14), e, pelo sangue de Jesus, fomos comprados de volta!

A identificação da igreja com esta verdade: Romanos 6.4-6 "Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo... Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição, sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem"

. Cristo não somente morreu por nós, como também nós morremos com Ele! Enquanto "por nós" significa substituição, "com Ele" significa comunhão (Filipenses 3.10), "conformando-me a ele na sua morte". Por isto, devemos nos considerar mortos para o pecado e vivos para Deus (Romanos 6.11). Afinal, se um morreu por todos, logo todos morreram (2 Coríntios 5.14)!


• Clamemos por uma igreja crucificada com Cristo! Uma igreja que não viva mais para si, mas somente para Aquele que por ela morreu, onde o pecado não tenha mais domínio!
 

• Clame por um avivamento na IBP em São Bento (PB)!

 

03/12, sábado - A RESSURREIÇÃO DE CRISTO

Atos 2.31,32

prevendo isto, referiu-se à ressurreição de Cristo, que nem foi deixado na morte, nem o seu corpo experimentou corrupção. A este Jesus Deusressuscitou, do que todos nós somos testemunhas"


A ressurreição do Senhor Jesus é o sinal de que a vida não se limita a esta existência terrena, precária e finita (1 Coríntios 15.19). É a esperança da ressurreição daqueles que dormiram em Cristo (1 Coríntios 15.20,23). É a certeza de que haverá um corpo incorruptível, glorioso, poderoso e espiritual (1 Coríntios 15.42-44). É a vitória sobre a morte (1 Coríntios 15.54,55). É o que faz toda obra valer a pena (1 Coríntios 15.58)!


A identificação da igreja com esta verdade: Romanos 6.5 "Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição", E mais: 1 Coríntios 6.14 "Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará a nós pelo seu poder"; 2 Coríntios 4.14"sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus também nos ressuscitará com Jesus e nos apresentará convosco"

. E aqui está o texto que revela a mais profunda comunhão: Efésios 2.6 "e, juntamente com ele, nos ressuscitou".

Não somente ressuscitaremos porque Ele ressuscitou, mas já ressuscitamos quando Ele ressuscitou! Temos uma vida ressurrecta! Por causa disto, devemos buscar as coisas que são de cima, onde Cristo está (Colossenses 3.1)!


• Clamemos por uma igreja que ande em novidade de vida! Uma igreja que busque e pense nas coisas que são do alto! Cada reunião seja o culto do Deus vivo!
 

• Clame por um avivamento na IBP em Taboão!

 

04/12, domingo - A GLORIFICAÇÃO DE CRISTO

Atos 2.33-36

Exaltado, pois, à destra de Deus, tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vedes e ouvis. Porque Davi não subiu aos céus, mas ele mesmo declara: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés. Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo"


O Pai glorificou Seu Filho quando O exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que está sobre todo nome (Filipenses 2.9). Na descrição de 1 Timóteo 3.16: "Evidentemente, grande é o mistério da piedade: Aquele que foi manifestado na carne foi justificado em espírito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, recebido na glória"

. A glorificação de Jesus manifesta a autoridade eterna do Filho (João 17.5).

A identificação da igreja com esta verdade: Efésios 2.6 "e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus";

Romanos 8.30 "E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou".

A igreja, em Cristo, está assentada na mais alta posição de autoridade, muito acima de principados e potestades. O Espírito Santo - que foi dado depois da glorificação de Jesus (João 7.39) - está na igreja para revelar e operar este nível de autoridade: João 16.14 "Ele (o Espírito Santo) me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar"

. O sinal da exaltação do Filho (e da igreja com Ele) é o ministério do Espírito entre nós!


• Clamemos para que nesta igreja estejam presentes as marcas da glorificação de Cristo: o poder, a riqueza, a sabedoria, a força, a honra, a glória, o louvor e o domínio! A IBP ande como uma igreja assentada nos lugares celestiais!
 

• Clame por um avivamento na IBP em Taubaté!

 

05-24/11

Roteiro 05 a 24/11

Segunda Fase - A NOSSA NECESSIDADE DIANTE DO NOSSO DEUS (20 dias)

 

05/11, sábado - AMAR A DEUS

Deuteronômio 6.4,5

Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força"

O nosso Deus é uma Pessoa que nos exorta para amá-Lo. Como pode um Deus querer que O amemos? Porque somente o amor coloca o nosso relacionamento com Ele no lugar mais seguro e saudável. Deus pede isso porque Ele sabe que a nossa obediência será bendita e nosso serviço será frutífero. O amor a Ele nos transforma em filhos que trabalham movidos pela glória ao Amado e pelos propósitos do Amado (e não movidos por culpa ou medo). O amor a Ele nos faz começar d'Ele, continuar por Ele e concluir para Ele! Esta dimensão nos salvará de nós mesmos, dos outros, do Diabo e do inferno.

Estar apegado ao nosso Deus é o único parâmetro de vida para se relacionar bem com qualquer pessoa ou coisa! Não seremos engolidos nem determinados pelos outros. Ninguém e nada pode ser mais amado do que o nosso Deus! Quando o Senhor Jesus nos chama para amá-Lo mais do que amamos nossos familiares (Mateus 10.37-39), Ele está nos dando a condição de amar nossos queridos de um modo mais saudável. Só o nosso Deus é digno de todo o nosso coração, de toda a nossa alma e de toda a nossa força!

  • Clamemos ao Espírito Santo por este amor da igreja ao nosso Deus!
  • Clame por um avivamento no ministério Conexão Surda
  • Clame por avivamento na vida dos missionários José Eduardo e Lourdes (Juazeiro, Pe)
  • Profetize Salmo 84

 

06/11, domingo - BUSCA INTENSA

Jeremias 29.13

Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração"

Quando nosso Deus se manifesta? Quando Ele é muito desejado! Esta é a grande marca dos avivamentos ao longo da história da Igreja. "Buscar de todo o coração" significa "não há nada e ninguém melhor do que o nosso Deus!", "Tu és a única Pessoa que necessitamos!", "Não sairemos daqui enquanto não nos abençoares!", "Se o Senhor não for conosco, não nos faça subir deste lugar!".

Não faremos orações com a mente dividida, nem com interesses consumistas, autocentrado. Queremos o nosso Deus! Estamos aqui neste jejum e oração para buscáLo! Desejamos a Sua presença mais do que o ar que respiramos! Somos como as corças que anseiam pelas águas (Salmo 42.1), como a terra seca que anseia pela chuva (Isaías 35.7), como os guardas da noite que anseiam pelo amanhecer (Salmo 130.6)! Quero derramar o meu coração no altar de Deus!

  • Clamemos para que a IBP seja uma igreja-corça, igreja-terra seca, igreja-guardas da noite! Profetize um coração completo diante do Senhor!
  • Clame por um avivamento no ministério Conta de Novo
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Pereira e Sibele (São Bento, Pb) • Profetize Malaquias 3.1

 

07/11, segunda - MINISTROS DO ESPÍRITO

2 Coríntios 3.6

o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica"

Conhecer a Bíblia de Deus é uma coisa, mas conhecer o Deus da Bíblia é outra coisa bem diferente! Nossos filhos precisam de experiências que vão muito além da letra! Não devemos depender somente de conhecimento intelectual sobre Deus, e sim conhecê-Lo espiritualmente, vivendo a verdade da Sua existência e de Seu poder!

O ministério da Palavra não é mais escrito em tábuas de pedra, e sim no coração, pelo Espírito Santo. Não traz condenação e morte, e sim justiça e vida! Nossos púlpitos, nossas reuniões nas Células - onde a Bíblia é compartilhada - são lugares da Glória inextinguível do Espírito! Quando as Escrituras são abertas, podemos contemplar a glória de Deus, e somos transformados na mesma imagem do Senhor Jesus Cristo! • Clamemos por um novo e vivo relacionamento com as Escrituras Sagradas!

  • Clame por um avivamento no ministério do Coral Doxa
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Gilberto e Rubivânia (Uirauna, Pb)
  • Profetize 2 Coríntios 3

 

08/11, terça - PALAVRA VIVA E EFICAZ

Hebreus 4.12

Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração"

O ministério do ensino, da pregação, da meditação necessita de um avivamento. Não há como se expor à Palavra de Deus e continuar igual, enfermo, oprimido, perdido, cativo, entristecido e vazio. Sabemos que há uma responsabilidade de quem ouve, mas nosso clamor, prioritariamente, é em favor da verdade de que a palavra de Deus pode operar as mais profundas transformações! A Palavra é mais eficaz do que qualquer remédio da tarja branca ou preta! Mais eficiente do que Freud, Jung, Lacan ou Piaget! A Palavra é mais cortante do que qualquer palavra construtivista ou progressista! A Palavra aprofunda no ser humano mais do que a filosofia realista, dogmática, empírica, racionalista, histórica ou existencialista! A pedagogia, a filosofia e a psicologia da Palavra de Deus são incomparáveis!

  • Clamemos pela primazia das Escrituras Sagradas na vida pessoal, nas famílias e nas reuniões da igreja! Clamemos pela palavra viva e eficaz!
  • Clame por um avivamento no ministério Criativo
  • Clame por avivamento na vida da missionária Ieda Oliveira (Cruzada Estudantil, SP)
  • Profetize o Salmo 19

 

09/11, quarta - O PRAZER NA PALAVRA

Salmo 1.2

Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite"

Sabemos que um mandamento deve ser obedecido, haja alegria ou não em obedecê-lo. Não dependemos de sentimentos para meditar na Palavra de Deus. Mas sabemos também o que significa realizar qualquer tarefa com prazer e alegria. A dedicação ganha em qualidade, pois a motivação é o amor pela Palavra! E quando temos este desejo pela leitura, pelo estudo das Escrituras Sagradas, não há necessidade de regras, de rituais, de agenda, de tempo. O prazer pela Palavra de Deus excede a justiça religiosa dos fariseus! O relacionamento com o nosso Deus não pode ser racionado por períodos sistemáticos ao longo do dia. Ainda que necessitemos de ordem e disciplina, avivamento significa transbordar, ir além dos horários previstos, "quebrar o vaso de alabastro", fazer o que foi pedido e o que não foi pedido!

  • Clamemos por um anseio divino em nossos corações pela Bíblia Sagrada! Chamamos um povo que ama a Palavra e tem prazer de meditar nas Escrituras todos os dias!
  • Clame por um avivamento no ministério do Curso de Noivos
  • Clame por avivamento na vida das missionárias Dilma, Isabel e Jaqueline (SP)
  • Profetize trechos do Salmo 119

10/11, quinta - A PALAVRA, E NÃO APENAS UMA PALAVRA

Jeremias 1.9

Depois, estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e o SENHOR me disse: Eis que ponho na tua boca as minhas palavras"

Esta é uma característica do ministério dos profetas: a transmissão da palavra direta de Deus. Sabemos exatamente o que Deus está querendo. Podemos diferenciar entre uma palavra de Deus e a palavra de Deus. Ezequiel 3.1: "Ainda me disse: Filho do homem, come o que achares; come este rolo, vai e fala à casa de Israel".

Buscaremos ao Senhor para que o ministério da palavra, na IBP, seja um ministério profético! O púlpito desta casa será um lugar onde todos conhecerão o que está no coração do nosso Deus! A exemplo do ministério do Senhor Jesus, assim será no ministério destes pastores: "Eu falo das coisas que vi junto de meu Pai" (João 8.38). Mais do que ministrar baseado num texto bíblico, profetizaremos a palavra específica de Deus para este tempo e para esta geração! O momento da pregação será o instante sagrado quando a voz do Senhor será ouvida!

  • Clamemos para que o Senhor toque na boca dos Seus filhos e filhas, e ponha em nossos lábios as Suas palavras!
  • Clame por um avivamento no ministério da Família e dos Cursos da Família
  • Profetize Isaías 55.10,11

11/11, sexta - TRIGO, VINHO E AZEITE

Joel 1.10

O campo está assolado, e a terra, de luto, porque o cereal está destruído, a vide se secou, as olivas se murcharam"

A realidade espiritual de Israel se refletia na vida agrícola. O trigo, a videira e a oliveira eram símbolos da relação do povo com Deus. A nação estava vivendo um dos momentos mais dramáticos de sua história: o "trigo" da palavra de Deus estava destruído, a "videira" da alegria secou, e a "oliveira" da unção murchou. E esta é a nossa realidade atual: a palavra viva foi substituída pela letra racionalizada, a alegria do Espírito Santo foi substituída por uma felicidade hedonista, interesseira e consumista, e a unção do Espírito Santo foi substituída pela habilidade humana.

A secularização deste mundo trouxe suas influências para dentro da igreja. As bênçãos que temos recebido do Senhor não foram dadas para amenizar esta tragédia espiritual. Somos gratos ao que Deus tem feito, mas nosso coração está inquieto diante do campo assolado e da terra de luto. Ainda que não tenhamos na memória a lembrança de um avivamento, sabemos muito bem do que não suportamos mais!

  • Clamemos pela real identidade da Palavra de Deus nos púlpitos da igreja, da alegria segundo o Espírito Santo, e da verdadeira unção do Espírito!
  • Clame por um avivamento no ministério Desperta, Débora • Profetize Joel 2.23-29

 

12/11, sábado - CLAMANDO NO TEMPO DAS CHUVAS

Joel 2.28,29

E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias"

O apóstolo Pedro mencionou esta profecia de Joel no dia de Pentecostes (Atos 2.16-18), declarando que, nos últimos dias, o Espírito seria derramado sobre toda a carne. Estas foram as "primeiras chuvas", e aguardamos as "últimas chuvas" para os momentos finais destes últimos dias. Creio que é hora de clamarmos por chuva "no tempo das chuvas (Zacarias 10.1)!

Nossos filhos e nossas filhas profetizarão! Foi para um tempo como este que Moisés desejou: "Tomara todo o povo do SENHOR fosse profeta, que o SENHOR lhes desse o seu Espírito!" (Números 11.29). Nossos velhos sonharão sonhos de Deus e nossos jovens terão visões do Senhor! Todas as gerações na igreja receberão destas águas!

  • Clamemos pelo derramar sobre as crianças, os teens, os jovens e idosos! Haja revestimento de poder e batismo no Espírito Santo!
  • Clame por um avivamento no ministério do Diaconato
  • Profetize Atos 1.8

 

13/11, domingo - BASTA UMA PALAVRA

Mateus 8.8,13

Mas o centurião respondeu: Senhor, não sou digno de que entres em minha casa; mas apenas manda uma palavra, e o meu rapaz será curado (...) Então, disse Jesus ao centurião: Vai-te, e seja feito conforme a tua fé. E, naquela mesma hora, o servo foi curado"

Sabemos o quanto nosso Deus é poderoso para mudar a história de uma pessoa, trazer cura e milagre, libertar um coração com uma só palavra! Anos de sofrimento e dor podem chegar ao fim com uma só palavra! Nós cremos nisto! E queremos experimentar mais! Mateus 8.16: "Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele meramente com a palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes". A libertação e a cura pelo poder da palavra! Reconhecemos que os nossos desafios atuais são outros, mas necessitamos desta mesma palavra! A palavra que rompe o jugo, desfaz o laço, quebra a corrente! A palavra que procede de Deus é objetiva, assertiva, eficiente! Substitui horas, dias, semanas e meses de conversas e opiniões!

  • Clamemos pela palavra diretiva de Deus nos aconselhamentos e no discipulado! As palavras sejam carregadas de um poder criativo e miraculoso!
  • Clame por um avivamento no ministério da EBD
  • Profetize Salmo 29.3-9

14/11, segunda - OS DONS NAS CÉLULAS

1 Coríntios 14.26 "Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação"

O que há de mais lindo e poderoso nas reuniões da igreja é a possibilidade de todos participarem, pois cada um tem recebido dons para servir o próximo. Não há pessoas separadamente especiais, mas todos podem e devem cooperar. A beleza da igreja está no "uns aos outros", quando as pessoas amam e são amadas, conhecem e são conhecidas, abençoam e são abençoadas.

1 Coríntios 12.7: "A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso". O Espírito Santo se manifesta através de todos! A reunião não depende de uma pessoa em particular, e sim de todo o Corpo de Cristo em movimento! Este modelo de reunião expressa com fidelidade a vida e a identidade verdadeira da Igreja! Todos são sacerdotes, todos são embaixadores de Cristo, todos são despenseiros da Graça!

  • Clamemos por reuniões com a manifestação dos dons espirituais!
  • Clame por um avivamento no ministério Homens em Aliança
  • Profetize 1 Coríntios 12.8-11

 

15/11, terça - VOLTA AO PRIMEIRO AMOR

Apocalipse 2.4,5

Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas"

Ao longo da caminhada cristã, nossos valores e princípios passam por várias provações, e as obras iniciais, movidas por um coração fervoroso, vão se desgastando e nos distanciamos paulatinamente da pureza e da simplicidade que há em Cristo (2 Coríntios 11.3). A maturidade tornou-se, na verdade, um tempo de esfriamento, comodismo, indiferença e conformação à rotina mecânica e religiosa. E, além do mais, encontramos textos bíblicos para assegurar a nossa inércia, justificar a nossa tradição e explicar os nossos fracassos. Esta é uma boa hora para voltar!

Queremos de volta a alegria, o entusiasmo, a dedicação, a ousadia, a paixão do primeiro amor! Não significa retroceder, e sim voltar à essência do relacionamento com Deus! Precisamos voltar à fé simples e imediata, voltar ao Evangelho como padrão e fundamento para a vida inteira, voltar à Cruz, voltar ao evangelismo compaixão, desesperado pelo perdido!

  • Clamemos por uma igreja das primeiras obras! Haja uma lembrança dos desvios e um profundo arrependimento!
  • Clame por um avivamento no ministério de Intercessão
  • Profetize 1 Coríntios 13

 

16/11, quarta - NASCIDOS DE DEUS

1 Pedro 1.23

pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente"

Mais do que entrar no culto, que as pessoas entrem no Reino. Para tanto, precisam nascer de novo (João 3.5). E para nascer tem que ser gerado. 1 Coríntios 4.15: "pois eu, pelo evangelho, vos gerei em Cristo Jesus". E isto envolve dores de parto: "meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós" (Gálatas 4.19). Mas não é segundo a vontade humana, e sim de Deus: "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus" (João 1.13).

Enquanto Ismael nasceu da vontade da carne, Isaque nasceu pela promessa de Deus (Gálatas 4.22,23). A Igreja de Cristo é formada de filhos da promessa, como Isaque (Gálatas 4.28), e não de filhos da carne. Não basta fazer parte do rol de membros, é necessário ser gerado pela palavra de Deus! Pode ser descendente de Abraão e não ser filho de Deus (Romanos 9.6-8). Tem que nascer da vontade e do poder de Deus!

  • Clamemos pelo poder regenerador do Espírito Santo! Clamemos por filhos gerados pela promessa! Venham à luz nos cultos e nas células!
  • Clame por um avivamento no ministério do Interteen • Profetize Isaías 66.8,9

17/11, quinta - CRIANÇAS DO REINO

Mateus 19.14

Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim, porque dos tais é o reino dos céus"

O reino dos céus é das crianças! O que há neste mundo caído não pertence às nossas crianças! O que satanás tem difundido nas escolas não é das nossas crianças! Os nossos pequeninos recebem o que vem dos céus! Eles se identificam com as coisas de Deus, com a palavra de Deus, com os princípios de Deus, com os valores de Deus, com as músicas e as histórias de Deus! Porque as crianças são do reino de Deus! Tudo o que é de Deus é familiar para nossas crianças, pois elas pertencem à dimensão celestial!

Por isso, as crianças não serão impedidas de irem até o Senhor Jesus! Facilitaremos a chegada, a aproximação, a compreensão, a experiência! A imaturidade psicológica não será embaraço, pois a criança discerne o que está além do cognitivo. O espírito da criança apreende o que a sua mente não explica. Nós, adultos, não embaraçaremos os pés dos nossos meninos e meninas. Saberemos abrir os caminhos para que nossos filhos conheçam Aquele a quem eles já amam.

  • Clamemos pelo derramar do Espírito Santo sobre nossas crianças! Chamamos crianças livres e que têm revelação do Senhor Jesus! Crianças sábias em Deus!

  • Clame por um avivamento no ministério Kidscípulos

  • Profetize Mateus 11.25-27

18/11, sexta - FAMÍLIA BENDITA

Isaías 61.9

A sua posteridade será conhecida entre as nações, os seus descendentes, no meio dos povos; todos quantos os virem os reconhecerão como família bendita do SENHOR"

A família possui a natureza divina de ser uma representação dos céus. A pessoa do pai é uma sombra de Deus Pai (Efésios 3.14,15). A família toma o nome do Pai celeste. O marido e a esposa são figuras da relação entre Cristo e a Igreja (Efésios 5.22-33). Ou seja, os relacionamentos familiares sinalizam para a constituição e a ordem dos relacionamentos espirituais.

Esta verdade faz da família o maior canal de Deus na terra e o alvo mais combatido pelas trevas! Estamos testemunhando a descaracterização da família pela relativização, confusão e indefinição dos papéis e dos gêneros. É a ditadura do valor sobre o princípio: em nome de um amor que aceita qualquer forma de relação, quebra-se o princípio da existência do pai e da mãe como elemento fundante da família. E nossos filhos estão sob ataque: ateísmo funcional e acadêmico, distanciamento dos pais, sexualidade precoce, tentação das drogas (lícitas e ilícitas), espiritualidade superficial. É tempo de tomar de volta as chaves das portas, e determinar o que deve entrar e o que deve sair!

  • Clamemos por uma casa consagrada a Deus! Pais definidos, cheios do Espírito Santo, modelos vivos da Graça, do Poder e da Glória de Deus! Clamemos por filhos convertidos aos corações de seus pais! Filhos batizados no Espírito Santo!
  • Clame por um avivamento no ministério de Libertação e Cura
  • Profetize o Salmo 128

 

19/11, sábado - IGREJA GRACIOSA

Atos 2.47

louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos"

A igreja local abençoa seus contatos mais imediatos. Uma igreja que é amada por seus vizinhos. Influencia seus arredores com sua presença e testemunho. Atos de compaixão que consideram a necessidade dos outros e não o que julgamos ser o melhor. Uma igreja que discerne seu bairro, "adota" suas ruas e exerce autoridade e poder sobre seu território. Precisamos focar em nossa "Jerusalém".

As fortalezas espirituais do local serão conhecidas e destruídas. Os espíritos malignos que atuam na região serão identificados e desautorizados. As pessoas que residem e circulam entre nós são ovelhas que não têm pastor. "Há um povo de Deus neste bairro", e encontraremos graça diante de seus olhos. Nosso Deus romperá as resistências naturais e sobrenaturais, pois a imagem desta igreja será irresistível e atraente! Nossos olhos se abrirão para ver as pessoas ao nosso redor, e os olhos deles também serão abertos para nos ver. Esta igreja local é uma dádiva de Deus para este endereço!

  • Clamemos por uma igreja graciosa, cujo amor de Deus se faça presente nos arredores dos nossos templos! Haja um avivamento em nosso bairro!
  • Clame por um avivamento no ministério de Missões
  • Profetize Mateus 5.14-16

20/11, domingo - VERDADEIROS ADORADORES

João 4.23

Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores"

Jesus inaugura um novo tempo: adoração não está limitada a um local, e, consequentemente, não está limitada a um período com seus rituais. O local é o próprio adorador, santuário vivo do Deus vivo! O templo não é a igreja, mas um lugar onde a igreja se reúne para adorar a Deus. O que importa agora não é o espaço físico, e sim se tem adoradores que adorem o Pai em espírito e em verdade.

O Pai não procura adoração, e sim adoradores. Pessoas para quaisquer lugares e horários. Pessoas que não dependem de canções, músicos, instrumentos, nem de ambientes favoráveis. São filhos que amam seu Pai de todo o coração, de todo o entendimento e de todas as suas forças! São servos que se rendem à vontade do Pai como o maior bem de suas vidas!

  • Clamemos por uma igreja de verdadeiros adoradores! Uma igreja prostrada diante do Senhor em todo o tempo!
  • Clamemos por reuniões cuja adoração será a razão principal dos cultos!
  • Clamemos pela restauração do tabernáculo de Davi, quando havia turnos ininterruptos de louvor e adoração!
  • Clame por um avivamento no ministério de Mulheres
  • Profetize Apocalipse 5

21/11, segunda - CASA DE ORAÇÃO

Isaías 56.7

também os levarei ao meu santo monte e os alegrarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos"

A igreja é uma casa de oração. Cada membro da igreja é um homem e uma mulher de oração! O povo de Deus é um sacerdócio real (1 Pedro 2.9) e, como sacerdotes, são representantes das pessoas diante de Deus. A igreja é intercessora! A existência do ministério específico de intercessão não substitui o papel da igreja de interceder, mas coopera com a igreja para cumprir sua missão sacerdotal. A igreja pode se apresentar perante o Senhor em favor daqueles que não podem.

O templo é um espaço para oração contínua. Oração 24 horas por dia, 7 dias por semana. E um lugar para convergir cristãos de outros lugares. O texto de Isaías prossegue dizendo que o Senhor ainda congregará outros aos que se acham reunidos (v. 8). O templo não ficará ocioso em nenhum momento, pois haverá um movimento de Deus que inclinará o coração do Seu povo para buscá-Lo. O "Cenáculo de Oração" será qualquer compartimento da Casa. A fome de oração será maior do que o lugar!

  • Clamemos por uma igreja intercessora! Haja um avivamento na vida de oração da Igreja! Clamemos por uma unidade em oração com outras igrejas!
  • Clame por um avivamento no ministério da Música
  • Profetize Salmo 27.4,8

22/11, terça - CULTOS COM TEMOR A DEUS

Isaías 1.13,16

Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também... a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene (...) Lavai-vos, purificai-vos..."

 

A religiosidade é a convivência pacífica entre pecado e rituais religiosos. Quando não há mais amor, prazer, alegria, sentido e, apesar disso, tudo continua sendo realizado da mesma forma. Acostumamos com os cânticos, com as orações, com a pregação bíblica, e não nos inquietamos mais com as incoerências entre o que cantamos e o que vivemos. Não damos mais importância à falta de transformação, à prática dos mesmos hábitos pecaminosos, pois já encontramos explicações razoáveis para nos manter onde estamos. Como nosso Deus, não suportaremos cultos com mistura de iniquidade e adoração, hipocrisia e louvor, indiferença e pregação. Não queremos bendizer com os lábios e ter um coração longe do Senhor (Mateus 15.8). De acordo com Tiago 4.8-10, lavaremos nossas mãos e purificaremos nossos corações, afligiremos nossa alma, converteremos nosso riso em pranto, nossa alegria em tristeza, e nos humilharemos na presença do Senhor. Queremos nos reunir com um santo temor a Deus.

  • Clamemos por reuniões marcadas pelo temor, pela verdade e pela santidade! A Presença do Senhor nos constranja para arrependimento e confissão!
  • Clame por um avivamento no ministério do Radical Teen
  • Profetize Malaquias 3.1-3

23/11, quarta - A PRESENÇA MANIFESTA

Gênesis 28.16,17

Despertado Jacó do seu sono, disse: Na verdade, o SENHOR está neste lugar, e eu não o sabia. E, temendo, disse: Quão temível é este lugar! É a Casa de Deus, a porta dos céus"

Deus não é Deus de lugares, e sim de ambiente. O nosso Deus não está limitado a um determinado local. Um lugar comum, um lugar qualquer, pode ser um lugar especial e sagrado. Depende da presença manifesta do Senhor. Na experiência de Jacó, Deus transformou aquele simples local em Betel, Casa de Deus. O Senhor estava ali, e ele não sabia. E, por causa disso, quão temível tornou-se aquele lugar!

Na sala de oração, no local dos cultos, no quarto da casa, no escritório, dentro do carro, qualquer lugar pode ser uma "Betel". E só a presença manifesta de Deus torna um simples lugar num lugar temível. Sabemos que o nosso Deus é onipresente. Ele está em todo lugar. E a palavra diz que onde estiverem reunidos dois ou três em nome de Jesus, Ele estará em nosso meio (Mateus 18.20). E cremos nessa presença constante. Mas, quando o Senhor se torna sensivelmente presente, então declaramos: "Na verdade, o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia".

  • Clamemos pela manifestação da presença do Senhor em nossas vidas, em nossas reuniões, em nossas casas! Que o Senhor se manifeste segundo a Sua soberania e Seus propósitos! Desejamos a Tua presença, Senhor! Venha o peso de Tua glória!
  • Clame por um avivamento no ministério do Retiro Face a Face • Profetize 2 Crônicas 5.13,14

 

24/11, quinta - "DEUS ESTÁ NO MEIO DE VOCÊS"

1 Coríntios 14.25

tornam-se-lhe manifestos os segredos do coração, e, assim, prostrando-se com a face em terra, adorará a Deus, testemunhando que Deus está, de fato, no meio de vós"

Entrar no templo para cultuar ao nosso Deus não é um ato comum, trivial, ordinário. É algo simples, mas profundo e especial. Qualquer reunião é singular quando o Senhor Jesus está presente! Não podemos mecanizar este momento e agir com uma mentalidade previsível, pois há uma Pessoa surpreendente no lugar. Creio que o nosso coração deve se apresentar nos cultos e nas reuniões com uma constante e crescente expectativa! "O que o Espírito Santo poderá fazer nesta hora?", "o que o nosso Pai deseja nos falar?".

As pessoas saem das reuniões abençoadas, edificadas, e testemunham o quanto Deus falou e operou em seus corações. Glória a Deus por isso! E clamamos ainda mais, para que, principalmente aqueles que nos visitam, prostrem-se em adoração a Deus, confessando que realmente Ele está em nosso meio! Isso porque o Senhor se revelou a eles de um modo incomparavelmente poderoso! Cada pessoa que se expõe, por duas horas, diante do Deus vivo, sairá diferente daquela que entrou!

  • Clamemos para que haja um encontro pessoal de Deus com aqueles que se aproximam d'Ele! O Senhor seja conhecido como o Deus que está ali (YHWH Shamá)!
  • Clame por um avivamento no ministério do Summit
  • Profetize Deuteronômio 4.6-8

 

Jejum, necessidade física e espiritual

Jejum, necessidade física e espiritual
 

O Jejum consiste na abstinência de alimentos, podendo ser total, em que durante um determinado período, a pessoa se abstém de qualquer alimento, ou um jejum parcial, onde em determinados dias se evita ingerir um tipo específico de alimento ou refeições.

 

Do ponto de vista nutricional, alguns estudos tem mostrado que o jejum tem um impacto positivo na saúde, desde que seja feito de maneira correta, levando em consideração o tempo de restrição alimentar e o tipo jejum que a ser feito (parcial ou total). O que acontece no corpo durante o jejum prolongado é que ele passa usar suas reservas próprias, principalmente a gordura, a glicose produzida no fígado e o glicogênio muscular e hepático. Isso ocorre pelo fato da dieta, no momento do jejum, não prover nutrientes para a produção de energia.

 

De acordo com pesquisadores americanos do National Institute of Health (NIH) e da University of Southern California, em animais roedores, o jejum crônico estende a longevidade, em parte, através da reprogramação do metabolismo e vias de resistência ao estresse. Em roedores o jejum prolongado ou periódico protege contra diabetes, câncer, doenças do coração e neurodegenerativas, enquanto nos seres humanos ajuda a reduzir a obesidade, a hipertensão, asma, artrite reumatoide, níveis de LDL colesterol (o ruim), triglicerídeos, aumenta o HDL colesterol (o bom), melhora o metabolismo da insulina e da glicose, diminui a produção de enzimas pró inflamatórias e o estresse oxidativo celular (envelhecimento e doenças crônicas) e ainda aumenta a resistência ao estresse.
Deste modo, segundo o estudo o NIH o jejum tem o potencial para retardar o envelhecimento e ajudar a prevenir e tratar doenças.

 

Apesar dos estudos disponíveis apresentarem populações muito reduzidas, observaram-se resultados positivos com esta intervenção (jejum) na saúde humana, mas novos estudos clínicos são necessários para testar a eficácia do uso do jejum para o controle e tratamento de doenças.

 

Do ponto de vista espiritual, o jejum é instrumento para a disciplina do corpo (1 Coríntios 9.27), é uma forma poderosa de nos humilharmos diante de Deus (Salmo 35.13, Isaías 58.9, 14), e Jesus ainda declarou que esperava que seus discípulos jejuassem (Mateus 9.15). O mais importante que precisamos saber é que o jejum nos aproxima cada vez mais de Deus e nos distancia do mundo (1 Pedro 5.5, Joel 2.12-14, Daniel 9.3 e Mateus 9.15).

 

Estou deixando aqui algumas dicas de tipos de jejum, como seguir e algumas opções de cardápio para te ajudar. Lembre-se, jejue somente se sua saúde permite neste momento.

 

Sugestões de como seguir um Jejum sem prejudicar sua saúde

 

1. Jejum da igreja (geral)

Esse é indicado para qualquer pessoa, inclusive aquelas que tem necessidade de uso continuo de medicamentos. Isso porque nesse tipo de jejum, a pessoa pode excluir (ou substituir) uma refeição ou mais no dia ou até mesmo excluir um tipo de de alimento que sinta falta (chocolate, café, pães, carne etc).

 

Exemplo de cardápio (excluir uma ou mais refeições no dia, ou um item) :

 

Refeição

Alimentos

Café da manhã

- Café com leite (Chá de ervas, suco de frutas com folhas verde escuras, leite batido com fruta, agua de coco)
- Pão francês (aveia/ granola sem açúcar/ pão integral/ pão sírio /Torradas)

-Queijo branco (cottage, ricota, requeijão, patês, geleias sem açúcar ect) - Fruta

Lanche da manha

Fruta ou água de coco ou iogurte, chá suco de fruta batido com linhaça e hortelã

Almoço

- Salada de folhas e legumes crus (cenoura, beterraba, pepino) temperadas c/ azeite e orégano
- Legumes cozidos, refogados ou no vapor (couve flor, brócolis, abobrinha, berinjela, pimentões etc) - Arroz integral (ou purê de batatas, mandioca, milho, inhame , arroz com lentilha)
- Feijão (grão de bico, lentilha, ervilha, soja)
- Carne de panela (bife grelhado, filé de frango, filé de peixe, carne moída, peixe assado)
- Salada de frutas (banana, maçã ou pêra ou fruta in natura ou assada c/ canela).

Lanche da tarde

- Fruta, iogurte, iogurte com granola, frutas picadas com chia, Mix de frutas secas (passas, banana, damasco, ameixa preta) ou Salada de frutas ou Mix de oleaginosas (castanha do Pará, caju, amendoim, nozes) ou Leite batido no fruta e Linhaça ou fruta com granola sem açúcar, banana picada com aveia e mel ou idem café da manhã

Jantar

- Salada de folhas e legumes crus (cenoura, beterraba, pepino) temperadas c/ azeite e orégano
- Legumes cozidos, refogados ou no vapor (couve flor, brócolis, abobrinha, berinjela, pimentões etc)
- Arroz integral (ou purê de batatas, mandioca, milho, inhame , arroz com lentilha)
- Feijão (grão de bico, lentilha, ervilha, soja)
- Sobrecoxa de frango assada (bife grelhado, filé de frango, filé de peixe, peixe assado)
- Fruta
Ou
- Sopa completa de legumes com carne (1 tipo de folha + 2-3 tipos de legumes (cenoura, chuchu, abobrinha) + 1 tipo de leguminosa (feijões, lentilha, grão de bico, ervilha + 1 carboidrato (arroz, macarrão, mandioca, batata, mandioquinha, nabo, batata yacon)
Fruta

Ceia

Leite morno, Chá de ervas ou sucos naturais

 

2. Jejum de líquido

Jejum caracterizado por excluir todas as fontes sólidas de alimento, podendo consumir apenas líquidos como sucos, chás, café, leites e caldos. Ideal que seja a cada 2 ou 3 horas. Consumindo frutas e verduras batidos nas bebidas durante o dia e caldos a noite, é difícil não conseguir a quantidade de vitaminas e minerais diárias, mas, dê atenção aos alimentos a seguir, que serão suas fontes de fibras e proteínas diárias: Linhaça, Chia, Amaranto, quinoa, gergelim, grão de bico, lentilha, soja. Você pode usá-los na forma de triturada nos sucos e caldos ou apenas o caldo do cozimento de legumes e carnes para garantir mais proteína . Escolha um e coloque 1 colher de sopa nos sucos, chás, shakes e caldos.

 

Exemplo de cardápio

 

Refeição

Alimentos

Café da manhã

- Suco de laranja + cenoura + amaranto (ou Chá de ervas, suco de frutas com folhas verde escuras, leite de soja/aveia/arroz batido com fruta, agua de coco)

Lanche da manhã

- Chá de erva cidreira (ou outro que preferir) água de coco ou iogurte de soja ou chá suco de fruta batido com linhaça e hortelã, suco de laranja com beterraba e couve

Almoço

- Caldo de carne com legumes e grão de bico (caldo de legumes com ervilha)

Lanche da tarde

- Bebida vegetal batida com linhaça e fruta (ou Leite de soja batido com Banana, Aveia e chia ou água de coco batida com abacaxi e hortelã ou chá batido com pêssego)

Jantar

- Caldo de legumes com quinoa (ou caldo de frango com legumes)

Ceia

- Chá de ervas ou sucos naturais

 


3. Jejum de Daniel

Esse jejum já é bem conhecido e se baseia na história de Daniel que, descreve como ele e seus três amigos comeram somente verduras e legumes e beberam somente água . O Jejum de Daniel encoraja a alimentação saudável, podendo comer todos os tipos de verduras, legumes, cereais, tubérculos e frutas restringindo todos os tipo de carne (boi, aves, peixes), doces, açúcar, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Lembre-se de incluir alimentos vegetais ricos em proteica como Linhaça, Chia, Amaranto, quinoa, gergelim, grão de bico, lentilha, feijões e soja.

 

Exemplo de cardápio:

Refeição

Alimentos

Café da manhã

- Chá de ervas (suco de frutas com folhas verde escuras, leite de soja/aveia/arroz batido com fruta, agua de coco)
- Torradas (aveia/ granola sem açúcar/ pão integral/ pão sírio/
Mamão

Lanche da manha

- Fruta ou água de coco ou iogurte de soja ou chá suco de fruta batido com linhaça e hortelã

Almoço

- Salada de folhas e legumes crus (cenoura, beterraba, pepino) temperadas c/ azeite, gergelim e orégano
- Legumes cozidos, refogados ou no vapor (couve flor, brócolis, abobrinha, berinjela, pimentões etc)
- Arroz integral (ou purê de batatas, mandioca, milho, inhame , arroz com lentilha)

- Feijão (grão de bico, lentilha, ervilha, soja)
- 1 fruta assada c/ canela (banana, maçã ou pêra ou fruta in natura sem assar).

Lanche da tarde

- Mix de frutas secas (passas, banana, damasco, ameixa preta) ou Salada de frutas ou Mix de oleaginosas (castanha do Pará, caju, amendoim, nozes) ou Leite de soja batido no liquidificador Banana, Aveia e Linhaça ou fruta com granola sem açúcar

Jantar

- Sopa de legumes com quinoa ( ou Beringela recheada com proteína de soja texturizada refogada (carne de soja) ou Salada de folhas e legumes crus e grão de bico ao vinagrete)

Ceia

- Chá de ervas ou sucos naturais

 

4. Jejum de 24h

Jejum caracterizado pela restrição alimentar completa no período de 24 horas, podendo beber apenas água. Nesse caso o importante é que a alimentação pós jejum seja leve e balanceada (semelhante ao cardápio do jejum geral) para evitar dores de cabeça, náusea e dor de estômago, já que o sistema digestivo no período do jejum está funcionando de forma mais lenta.

 

Referências:
1. AZEVEDO, Fernanda Reis de; IKEOKA, Dimas and CARAMELLI, Bruno.Efeitos do jejum intermitente no metabolismo humano. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2013, vol.59, n.2, pp.167-173. ISSN 0104-4230. http://dx.doi.org/10.1016/j.ramb.2012.09.003.
2. Rothschild J, Hoddy KK, Jambazian P, Varady KA. Time-restricted feeding and risk of metabolic disease: a review of human and animal studies. Nutr Rev. 2014;72(5):308-18.
3. Patterson RE, Laughlin GA, LaCroix AZ, Hartman SJ, Natarajan L, Senger CM, et al. Intermittent Fasting and Human Metabolic Health. J Acad Nutr Diet. 2015;115(8):1203-12.
4. Sherman H, Frumin I, Gutman R, Chapnik N, Lorentz A, Meylan J, et al. Long-term restricted feeding alters circadian expression and reduces the level of inflammatory and disease markers. J Cell Mol Med. 2011;15(12):2745-59.

 

Ádila Neves Mizrahy

Nutricionista / CRN 23400 999136699 / Whats 976960165  adilakarina@gmail.com 

 

26/10-04/11

Roteiro 26/10 a 04/11

Primeira Fase - A NOSSA POSIÇÃO DIANTE DO NOSSO DEUS (10 dias)

 

26/10, quarta - UNIDADE

Mateus 18.19

Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus"

Nestes dias, precisamos entrar em concordância numa coisa: necessitamos de um avivamento verdadeiro! "Concordar" quer dizer "produzir um único som" (sinfonia). Ainda que sejamos tão diferentes uns dos outros - como os instrumentos de uma orquestra sinfônica - nós podemos alcançar um único som! Este é um tempo especial para clamarmos juntos por uma intervenção irresistível do nosso Deus!

Mesmo com nossas diferenças de opiniões, de interpretações, de comportamentos, de estilos ou de métodos, todos concordamos que há muito mais de Deus para nossas vidas, nossas famílias e nossa igreja. Por isso, esta é uma hora oportuna para deixar de lado nossas idiossincrasias e nos encontrarmos no altar do clamor e do quebrantamento! Temos a unidade do Espírito (Efésios 4.3), e este Espírito guiará todos a um mesmo lugar de intercessão!

  • Clamemos por uma igreja unida neste anseio por avivamento (incluir IBP Vila Mariana, Diadema, Indaiatuba, Grajaú, Oxford, Santo Amaro, São Bento, Taboão, Taubaté, e missionários);
  • Clame por um avivamento no ministério da ABCP
  • Clame por um avivamento na vida da missionária Isabel (Japão)

 

27/10, quinta - SÚPLICA

Zacarias 12.10

E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o espírito da graça e de súplicas"

Podemos dizer que este é um tempo que vai além da petição, e sim um momento de clamor e súplica. É um grito das profundezas da alma que expressa um profundo anseio! Quando suplicamos ou clamamos, na verdade estamos dizendo o quanto desejamos que o nosso Deus intervenha, opere uma mudança e faça alguma coisa!

"Não aguentamos mais"! Este é o sentimento em nossos corações para estes dias. Haja um choro sincero diante do altar de Deus! Tempo de levantar a voz e ser a voz d'Aquele que clama (João 1.23). Tempo de suplicar por um derramamento do Espírito Santo, clamar pela redenção daqueles que nos cercam! É como se "pedir" não fosse mais suficiente. Atravessamos a linha do suportável, e não podemos conviver mais com a obra do Diabo na vida das pessoas, com a carnalidade, a indiferença e o comodismo de nós mesmos! Não toleramos mais a superficialidade, a hipocrisia e a nossa religiosidade!

  • Clamemos pelo derramar do espírito da graça e de súplicas sobre a igreja!
  • Clame por um avivamento no ministério da Administração da igreja
  • Clame por um avivamento na vida da missionária Rosa Maria (Timor Leste)

 

28/10, sexta - QUEBRANTAMENTO

Salmos 51.17

Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus"

Um coração quebrantado é um coração ensinável, desarmado, aberto para as manifestações do Senhor. O quebrantamento será sempre a condição mais favorável para se relacionar com Deus. Somos pessoas orgulhosas, resistentes (principalmente diante de mudanças e novidades), e ser quebrantado é estar preparado para receber e participar das coisas novas que virão! O apóstolo Pedro precisou ser quebrado em sua compreensão sobre a graça de Deus em favor dos gentios (Atos 10), e assim ser canal do Senhor para salvação da família de Cornélio.

Não sabemos o que poderá acontecer quando buscamos por um avivamento. Aguardamos que haja uma mudança no estado atual das coisas, e um coração compungido e contrito é primordial para se entregar ao que o nosso Deus pretende mudar.

  • Clamemos para que o próprio Deus constranja, quebrante e esmague nossos corações.
  • Clame por um avivamento no ministério do AMAI
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Marcelo e Kelly (Nepal)

 

29/10, sábado - ARREPENDIMENTO

2 Coríntios 7.10

Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar; mas a tristeza do mundo produz morte"

Arrependimento" significa voltar, retornar, mudança de mente, mudança de rota. Nestes dias de clamor, queremos voltar para nosso Deus, retornar ao início, ao primeiro amor. Queremos mudar nossa mentalidade, nosso rumo. É um tempo para nos arrependermos das obras mortas, infrutíferas, carnais. Queremos abandonar a confiança em nossa própria força e habilidade. Reconhecemos que somos capazes de fazer muitas coisas para Deus, mas temos dificuldades de fazê-las em Deus! Admitimos que somos contrários a João 15.5: "sem mim nada podeis fazer".

Queremos voltar às primeiras obras. Voltar às raízes da nossa fé, às Sagradas Escrituras, aos princípios imutáveis da Palavra de Deus. Voltar ao simples e puro Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Queremos voltar à Cruz!

  • Clamemos pela tristeza segundo Deus! O Espírito opere em nós a tristeza que produz arrependimento. Haja em nós o mesmo sentimento do coração do Senhor Jesus!
  • Clame por um avivamento no ministério das Artes
  • Clame por um avivamento na vida dos missionários André e Darcy (Londres)

 

30/10, domingo - PERSEVERANÇA

Romanos 12.12

Regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverantes"

Sabemos que a perseverança produz um caráter aprovado (Romanos 5.4), e esta é a nossa postura: não retroceder e não parar jamais até que a igreja seja estabelecida como objeto de louvor na cidade (Isaías 62.6,7), e até que as taças se enchem do incenso das nossas orações (Apocalipse 5.8). Por isto é necessária a perseverança: há um crescente de poder, de graça, de fé e de glória!

Tiago 1.4: "Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes". Não ficaremos e não deixaremos pela metade, mas prosseguiremos até que o Senhor cumpra todos os Seus propósitos neste tempo de oração e jejum. Lutaremos com Deus do início ao fim!

  • Clamemos para que este espírito de oração não dependa de um período no calendário.

Haja uma insistência e uma consistência de oração enquanto existir a igreja!

  • Clamemos pelo cumprimento satisfatório da obra do Espírito Santo!
  • Clame por um avivamento no ministério dos Batismos
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Simplício e Virgínia (Angola)

 

31/10, segunda - VIGILÂNCIA

Mateus 26.41

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca"

Devemos ser simples como as pombas e prudentes como as serpentes (Mateus 10.16). O inimigo fará de tudo para nos distrair e nos desviar deste propósito de oração e jejum. E também a nossa carne vai se opor a tudo que é bom, santo e verdadeiro. É preciso estar atento para onde expomos nossos olhos e ouvidos, e ter cuidado sobre o que falamos.

Estamos numa guerra espiritual, e a igreja está se posicionando!

Nossos ouvidos e olhos espirituais sejam abertos para ouvir e ver a realidade que se esconde por trás dos acontecimentos e das pessoas. Fomos postos sobre os muros, a exemplo dos guardas das cidades muradas, e o Senhor nos dará graça para não dormirmos. Nosso espírito será instruído pelo Espírito do Senhor para guardar nossa alma, nossa casa, nosso trabalho e nossa igreja.

  • Clamemos pelo discernimento de espíritos, por visões e sonhos espirituais! Seja claro para nós o mundo espiritual! Haja uma sabedoria de Deus na igreja!
  • Clame por um avivamento no ministério do Bora
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Herbert e Desirrèe (Guiné Bissau)

 

01/11, terça - HUMILHAR

1 Pedro 5.6

Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte"

Quando nosso Deus nos humilha (Deuteronômio 8.2, "te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar"), Ele o faz para revelar a nossa real e verdadeira condição:

pessoas limitadas, fracas, precárias, impotentes. Isso não é para nossa vergonha, e sim para reconhecermos nossa fragilidade e dependência de Deus.

Portanto, quando a Palavra diz "humilhai-vos", a ordem é para que nos coloquemos em nosso devido lugar, pois não podemos nem sabemos o que realmente precisamos realizar e saber. Humilhar é suplicar pelas manifestações incomparáveis do Espírito Santo! Humilhar é clamar por Aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais além do que pensamos ou pedimos! Humilhar é curvar nosso coração e se sujeitar ao modo e ao conteúdo de Deus! Humilhar é não fazer de si mesmo, mas somente o que vir o Pai fazer (João 5.19)! Humilhar é esperar em Deus até que Ele fale!

  • Clamemos por uma igreja que se humilhe debaixo da potente mão de Deus!
  • Clame por um avivamento no ministério do Canal Jovem
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Carlos e Liliana (Grécia)

 

02/11, quarta - INCONFORMADOS

Romanos 12.2

E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus"

A Igreja é uma contracultura do Reino de Deus neste mundo caído. Ainda que estejamos no mundo, não somos do mundo (João 17.14: "Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou"). Temos uma outra natureza, a natureza do Senhor Jesus. Por isso, o pecado, segundo a Bíblia, continua sendo pecado para nós! Jamais nos acostumaremos com a obra de satanás na vida das pessoas! Repudiamos a cobiça dos olhos, a cobiça da carne e a soberba da vida (1 João 2.16)! Não tomaremos a forma deste século!

Assumimos a nossa identidade de luzeiros no mundo, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração perversa e corrupta (Filipenses 2.15). Somos sal da terra e luz do mundo (Mateus 5.13,14). Não comeremos das iguarias de Babilônia, e não aceitamos que mudem os nossos nomes!

  • Clamemos por um povo de mente renovada pela Palavra de Deus! Por uma igreja que desfaça suas alianças com os valores deste mundo! Clamemos pela experiência viva com a vontade boa, perfeita e agradável de Deus!
  • Clame por um avivamento no ministério da Capelania (Prisional, Hospitalar, Cemiterial)
  • Clame por avivamento na vida dos missionários Marcelo e Carla (Senegal)

 

03/11, quinta - RENDIÇÃO

Salmo 37.5

Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará"

Assim como Abraão subiu no Monte Moriá para entregar seu único filho em sacrifício (Gênesis 22), também apresentamos diante do Senhor nossos amores, apegos e tesouros. Confessamos que não somos de nós mesmos, e que nossos dons e ministérios pertencem ao Senhor! Entregamos a Ele nossa casa, nosso trabalho, nossos bens, nossos futuro! Rendemos nosso coração no altar de Deus!

O avivamento não é nosso! Entregamos ao Senhor toda a programação destes dias. Entregamos nossas agendas, nossos desejos e planos. Reconhecemos que não sabemos nos arrepender, não sabemos voltar para Deus. Entregamos nossas orações para que o Senhor faça Suas próprias orações por nosso intermédio, e apresentamos nossos corpos como sacrifício santo e agradável a Deus.

  • Clamemos por uma rendição da nossa vontade no altar de Deus e, como holocausto, haja uma entrega total nestes dias!
  • Clame por um avivamento no ministério de Células
  • Clame por avivamento na vida da missionária Maria Vilma (São Bento do Una, Pe)

 

04/11, sexta - PROFETIZA, IGREJA, PROFETIZA!

Ezequiel 37.9

Então, ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam"

Chamamos à existência as coisas que não são como se já fossem (Romanos 4.17). Profetizar não é somente anunciar coisas vindouras, mas também chamar à existência as verdades da Palavra. Temos a realidade e a verdade. É uma realidade que a igreja está dividida, e, ao mesmo tempo, uma verdade que o Corpo de Cristo, a Igreja, não está dividido. Devemos chamar a verdade à luz, e não concordar com a realidade. Isto não significa negar os fatos, e sim confessar o que cremos.

Profetize uma igreja gloriosa, sarada, unida, valente, intercessora, adoradora, que ama evangelizar, que tem sede e fome da Palavra de Deus, missionária, generosa, santa, de famílias restauradas, apascentadora de todas as gerações, cheia do Espírito Santo!

  • Clamemos por um espírito profético da igreja diante dos "vale de ossos secos"! Que tenha sempre na boca uma palavra de vida, que declare a verdade!
  • Clame por um avivamento no ministério do CFL
  • Clame por avivamento na vida da missionária Iraneide Inácio (São Miguel do Tapuio, Pi)

     

Avivamento

Por que avivamento?
 

Porque necessitamos de um despertamento espiritual! Pois o nosso Deus é poderoso para fazer infinitamente mais além do que pensamos e do que temos visto, conforme o poder que em nós opera (Efésios 3.20)! E, quando olhamos para nós mesmos e ao nosso redor, constatamos o quanto precisamos de uma intervenção divina!

 

• Cremos na Presença manifesta de Deus em nossas casas e nos cultos da igreja, e não somente numa convicção teórica de Sua existência;

• Cremos numa igreja que tem sede e fome de Deus, e não somente numa busca superficial e esporádica;

• Cremos no poder da Palavra de Deus que transforma corações, e não somente em estudos bíblicos para o nosso bem-estar;

• Cremos na confissão profunda de pecados, e não somente em remorsos para alívio da consciência;

• Cremos nas manifestações carismáticas do Espírito Santo, e não somente nas habilidades humanas;

• Cremos em curas reais e milagres concretos, e não somente em "placebos" espirituais e psicológicos;

• Cremos em novos nascimentos, pessoas regeneradas pela semente de Deus, e não somente em adesões naturais.

 

Porque cremos, por isso buscamos nosso Deus com um espírito de clamor e de quebrantamento! "Clamor" porque este é o gemido do Espírito Santo para este tempo, e "quebrantamento" porque assumimos uma posição de esvaziamento, humilhação e dependência total de Deus!

 

2 Crônicas 7.14

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.

 

Joel 2.12,13

Ainda assim, agora mesmo, diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, com choro e com pranto. Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus, porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.




 

Mais artigos...

Topo