Como eu vos amei

Vigência: 07 a 12 de Agosto

Texto

João 13.34 "Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros"

 

Verdade principal 

Amar uns aos outros do mesmo modo como fomos amados é uma regra a ser obedecida. 

 

Introdução

A lei de Levítico 19.18: "o te vingarás, nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o SENHOR”, já era conhecida, servia para indicar o modo como o povo de Israel deveria se relacionar entre os membros de sua comunidade. Lendo a parábola em Lucas 10.25-37, vemos que aquele povo entendia que o "próximo” era aquele que estava entre os "filhos do teu povo”.  Jesus trouxe um novo significado:  "todo aquele que é misericordioso”, ampliando o alcance da misericórdia.

 

Compartilhando sua experiência (IMPORTANTE)

 

Você tem conseguido amar os seus inimigos e orar por aqueles que te perseguem, como está em Mateus 5.44-48? 

 

Você consegue identificar algum momento em que você agiu com falta de amor por alguém da célula? Quer abrir e pedir perdão agora?

 

Conteúdo (desenvolvimento)

 

   "Novo mandamento vos dou: ...ameis...assim como eu vos amei" 

Antigo mandamento: amar os outros como amo a mim mesmo. Agora o novo: amar como Jesus. Ele, para nos amar, não amou a si mesmo. 

 

Como Jesus nos amou?

RESPOSTA:

-    Incondicionalmente:  "Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5.8). 

-    Sacrificialmente: "e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave" (Efésios 5.2). 

   "que também vos ameis"

 

Amaremos como fomos amados. O Evangelho é proclamado por pessoas que são amadas. 

 

-    Romanos 15.7: "Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus". Acolher como fomos acolhidos. Isto significa receber as pessoas não importando a situação delas (incondicional), e não considerando o que vai exigir de nós (sacrificial). 

-    Efesios 4.32: "Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou". Perdoar como fomos perdoados. 

-    1 João 3.16 "Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos".  Ajudar as pessoas, mesmo que, para isso, tenhamos que sacrificar alguma coisa em nossas vidas. 

 

   "uns aos outros"

O amor deve ser recíproco. O amor da igreja é para ser visto pelos que estão de fora e assim, notarem a nossa diferença.

 

Ministrando uns aos outros (IMPORTANTE)

Orem pelas situações de falta de amor que puderam identificar hoje, dentro e fora da célula!

 

Evangelismo

Romanos 5.6-8 "Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores”. 

 

Não precisamos falar às pessoas que precisam participar de um “mude meu look” para crer em Jesus.  Devemos dizer que para crer em Cristo  podem ir do jeito que estiverem, e Ele mesmo mudará o que precisa ser mudado! No físico e no espiritual. Isso significa que não devemos apontar os pecados, pois Jesus morreu pelos ímpios.

 

 

Por: Pr. Robério Alves

(Adaptado da Pregação do Pr. Robério Alves e readaptado ao RadicalTeen por Cilene Sonzzini)

 

Topo